Inmet alerta sobre onda de calor e risco de tempestade no Paraná durante o Carnaval

O alerta sobre a onda de calor, de nível amarelo, é válido a partir das 18h de hoje até às 18h de segunda

10/02/2024 15H30

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu neste sábado (10 de fevereiro) dois alertas meteorológicos para o Paraná, um deles avisando sobre uma onda de calor e outro informando sobre o risco de tempestade em algumas regiões do estado.

O alerta sobre a onda de calor, de nível amarelo, é válido a partir das 18 horas de hoje até às 18 horas de segunda-feira (12). Na prática, o aviso só renova um alerta de mesmo nível que já havia sido emitido na quinta-feira e se encerraria hoje.

“INMET publica aviso iniciando em: 10/02/2024 18:00. Leve risco à saúde. Temperatura 5ºC acima da média por período de 02 até 03 dias”, informou o Inmet, instruindo ainda a população, em caso de necessidade, a ligar para a Defesa Civil (telefone 199).

O alerta amarelo sobre a onda de calor afeta boa parte do interior do Paraná, do interior de Santa Catarina e um pedaço do Rio Grande do Sul. No caso paranaense, o aviso afeta as regiões Centro Ocidental, Noroeste, Sudoeste, Oeste, Norte Central, Sudeste, Norte Pioneiro, Centro-Sul e Metropolitana de Curitiba.

TEMPESTADE

Já o alerta de tempestade, também de nível amarelo, foi emitido às 11 horas de hoje e vale até às 20 horas deste sábado.

“INMET publica aviso iniciando em: 10/02/2024 11:00. Chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 km/h), e queda de granizo. Baixo risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de galhos de árvores e de alagamentos.”

O aviso afeta todo o estado de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, além de algumas localidades do Paraná e do Mato Grosso do Sul.

No caso paranaense, as áreas afetadas são: Metropolitana de Curitiba, Centro Ocidental, Noroeste, Sudoeste, Oeste, Sudeste, Centro-Sul e Centro Oriental.

Em caso de rajadas de vento, não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Também evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada e, se precisar, obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Deixe seu comentário:

Veja Mais